Ácido Hialurônico: Tire Todas as Dúvidas

O QUE É ÁCIDO HIALURÔNICO?

“É uma elemento que possuimos na maior parte do nosso corpo, entre as junções celulares”, explica ela. Principalmente, ele é realizado de açúcares, formando um composto bioativo, que costuma “sequestrar” líquidos dos tecidos para realizar uma ofício de lubrificante. Em termos mais simples, ele é um acolchoado que encontra-se entre as células do corpo e nas articulações.


QUAIS SÃO AS SUAS UTILIDADES?

Começamos a supervisionar o que o ácido hialurônico é. Porém também não entendemos o que ele faz, precisamente. Nas palavras da própria Adriana: “Ele possui a ofício de legítimo a porção de água, é como uma grande bebedor, sequestrando água dos tecidos para preservar este lugar intercelular lubrificado”.
Pode parecer demência, porém a verdade é que essa lubrificação é bastante fundamental para saúde das membranas celulares. E, no traquejado, o que o ácido faz é preservar a pele forte e bastante bem hidratada, com aquela aparencia encantador e sem marcas de expressão.

NO QUAL ELE PODE SER ACHADO?

Este composto é fabricado naturalmente pelo corpo, porém acaba tendo essa mesma fabricação reduzida por conta do envelhecimento e de mais elementos que afetam a vida e a cotidiano de uma indivíduo, como refeição. O resultado é uma pele mais ressecada, opaca e flácida.
A resposta para isto é a fabricação externa, desenvolvida pela bio-engenharia, por meio de da cultura bactérias específicas, que gerou uma versão desse mesmo ácido que pode ser introduzido no corpo e gratificar essa falta, são os preenchimentos.


QUAL É A DIFERENÇA DO ÁCIDO HIALURÔNICO INJETÁVEL PARA O COMPOSTO EM CREMES E MAIS PRODUTOS?

A resposta mais simples e direta é: completo. A diferença entre as versões injetável do ácido e aquela encontrada em cremes possui bastante a analisar com fundura. No primeiro caso, conseguimos atingir as camadas mais profundas da pele para realizar correções maiores, enquanto os cremes tratam, em essência, da plástica superfial, ou seja, da percepção de hidratação da pele.
Cremes e mais produtos que contam com este composto trabalham com um sistema de massa de moleculas.

Quanto maior a corpúsculo de ácido, maior a sua penetrância na pele. Porém, também dessa maneira, elas nunca passam das camadas superficiais. O resultado é uma percepção de hidratação e energia maiores.

No momento em que falamos da injeção, e como comentamos então em cima, o ácido hialurônico injetável é adquirido a partir de processos de bio-engenharia, que começam com a cultura de algumas bactérias que evidencia a personalidade de realizar este composto.


O que diferencia essa versão do ácido de mais da mesma Habilidade são alguns pontos principais: o nível de vernaculidade (o que próximo ele é do composto natural ), a porção de estabilizantes existentes na composto e a concentração do produto na seringa.


Como este ácido é fabricado naturalmente pelo corpo, da mesma maneira ele é excluído pela respiração no momento em que em exagero ou depois de utilizado. Dessa forma, para que as inejeções sejam efetivas e duráveis, são usados estabilizantes para preservar o composto no corpo por mais tempo.


Estes estabilizantes, no entanto, são capazes de ser responsáveis por provocar edemas e irritações na pele, dessa forma é fundamental que eles sejam mínimos na composto a ser injetada.


Não apenas isto, porém essas injeções contam com aplicabilidades distintos, dependendo da espessura do ácido fabricado. Ácidos mais densos são aplicados com fundura, enquanto os mais delicados ficam nas camadas superficiais.


Isto significa que é importantíssimo saber a progênie e a qualidade do ácido antes da aplicação, além de montar com um profissional especializado para realizar este desempenho.


QUAIS SÃO AS SECUNDINAS DESCOBERTAS EM CORRELAÇÃO À ELE?

Hoje, o que mudou em correlação à fabricação do ácido são os formatos de apresentação, com texturas mais finas e delicadas, que permitem aplicações de distintos concentrações em uma única vez.


” Uma pesosa que possui redução de volume, eu familiaridade o plano mais interessante com o ácido mais crasso e venho apresentando nas camadas mais superficiais da pele um produto de média espessura, até a couro breve, apresentando um produto também mais lhano, com uma concentração menor, para que eu possa alimentar os pequenos detalhes “.


Não apenas isto, porém com novas tecnologias e técnicas de aplicação, já é possível utilizar o ácido para censurar a panturrilha, suavizar dores nos membro formadas pelo utilização exagerado de saltos altos e até censurar o lóbulo da aba.


AS RESTRIÇÕES?

Aqui, é fundamental saber que as contra-indicações para o utilização do ácido hialurônico há somente para a versão injetável. Elas são capazes de ser aplicadas a partir dos 25 anos de idade e de acordo com a urgência e recomendação médica.


Se você possui qualquer tipo de enfermidade autoimune ou um histórico privado dessas questões de saúde, é um demonstração de atento: qualquer tipo de injeção é recomendado para estes casos, e o melhor é pedir mais tratamentos que tenham um resultado permanente, de acordo com o que você necessita.


Nos casos de infecções e irritações, a aplicação similarmente não é indicada até a recuperação completo, e, para gestantes, o ideial é aguardar o primeiro trimestre antes de aconselhar-se um médico e ter firmeza que as aplicações são seguras até o fim da gestação.


O tratamento com ácido injetável pode ser combinado a mais tipos de tratamento dermatológicos, porém é necessário atenção e parcimônia: o mais recomendado é que a região da aplicação descanse e que os tratamentos não sejam sobrepostos um em seguida do outro, no mesmo dia. É necessário uma construção a prolongado tempo para um resultado permanente.


No momento em que o assunto é a aplicação tópica do ácido, a partir de cremes, explica que não há contra-indicação. Essa versão não influencia camadas profundas da pele e possui um resultado mais estético que de revisão, o que significa que o resultado é mais rápido e pouco agressivo com o corpo.


O que necessita ficar em mente, evidente, é constantemente pedir um profissional de firmeza, que faça uma aplicação encarregado e muito cuidadosa do ácido, para evita complicações futuros. Dra. Adriana Lembi de BH