Endodontia Ortodontia

Como todas as áreas relacionadas à saúde, a Odontologia tem alguns termos específicos que várias vezes confundem os pacientes. Se você faz parte do esquadra que nem sequer imagina o significado de palavras como periodontia, buco-maxilo-facial, dentística entre tantos mais, este post foi realizado especificamente para levar suas dúvidas, tornando-o um expert no be-a-bá da odontologia.

Check-up odontológico

É um sistema de reconhecimento preventivo a partir de imagens que procuram provas iniciais de patologias. O check-up avalia dentes, bochecha, mucosa, gengiva e linguarão.
Intervenção buco-maxilo-facial:

Pesquisa e tratamento das fraturas e lesões dos maxilares, mandíbulas e dentes.
Clínica maior parte:

Exercida por profissional especializado para corporificar diagnósticos de complicações bucais. O dentista cirurgião maior parte está talhado a realizar vários procedimentos odontológicos. No momento em que o tratamento necessita de uma caráter sui generis, ele faz o encaminhamento do paciente a um amigo qualificado no tratamento.

Saiba Mais:
Endodontia, Mais conhecida como tratamento de canal, a endodontia


Dentista:

Lente a plástica, a reversão da ofício mastigatória e a recuperação de dentes comprometidos por cáries, fraturas ou estragados por fenômenos como abrasão e descomposição.


Endodontia:

Relacionada ao tratamento de canais, infectados ou não.


Estomatologia:

Possui como propósito a prevenção, o reconhecimento, o palpite e o tratamento das doenças próprias da boca e suas estruturas, além de descrever outras patologias que possam estorvar no tratamento odontológico.


Home Care Odontológico:

É o serviço odontológico em que o atendimento é realizado na casa do próprio paciente, com equipamento sui generis. Enfoca o atendimento paciente / família, atendendo a todos aqueles com dificuldades de viagem ao consultório odontológico.
Implantodontia:

Relacionada à posto de raízes artificiais nos ossos da arcada, para transposição de dentes ausentes.


Odontologia em Saúde Coletiva:


É o pesquisa dos fenômenos que interferem na saúde bucal coletiva, a partir de avaliação, disposição, planejamento, energia e análise de serviços, esboços ou programas de saúde bucal. É arrumado a categorias populacionais, com alarde nos aspectos preventivos.


Odontologia Legal:


Ajuda a medicina legal e a criminalística cuidando da avaliação crânio-facial e dental de pessoas. Seu propósito é ajudar com a reconhecimento de indivíduos e com a elucidação de casos policiais.


Odontologia Preventiva:


Relacionada à prevenção de cáries e demais doenças bucais, além da indicação sobre saneamento bucal.
Odontogeriatria:
Pesquisa e tratamento das doenças e fenômenos bucais consecutivos do envelhecimento humano.

Odontopediatria:

Visa a prevenção, preservação e recuperação da saúde bucal da criança.


Ortodontia:

Corrige o parecer dos dentes reestabelecendo a correta altercação entre as arcadas dentais a partir de aparelhos corretivos fixos ou móveis.

Odontoherbiatria:

Visa a prevenção, preservação e recuperação da saúde bucal do adolescente.


Análise da causa e sintoma da doença Bucal:

Pesquisa laboratorial das modificações da oco bucal e estruturas anexas, visando o reconhecimento final e o palpite dessas modificações.


Periodontia:

Trata as doenças da gengiva, além de cuidar das estruturas que dão guarida, nutrologia e receptividade ao dente.


Prótese:

Cuida da recuperação das coroas dentais e da reparação de espaços consecutivos de extrações.

FONTE: https://www.r7.com