Dentes sensíveis apos restauração

Os dentes contem utilidades essenciais para a preservação da nossa saúde. É por eles que inicia a digestão dos alimentos, por meio da mastigação. É similarmente graças a eles, que nosso satisfação pode ser belo, a partir de que estejam saudáveis.
Aí que entra o assunto de hoje: obturação e suas particularidades. Acompanhe o artigo e fique sabendo quais as modalidades desse técnica e o que ocorre se não for executado de modo correto.


O que é obturação dentária?


Obturar um dente é reincidir a parte dele que está cariada, tornando-o sadio novamente. Ao longo o processamento o dentista remove toda a setor adoecida pela consumição e em seguida aberta toda a região que encontra-se ostentada – este passo é indispensável para evitar infecções posteriores, as quais são capazes de surgir logo após que o dente for tapado.


O passo final é a obturação propriamente ventura, no qual a oco que ficou aberta e desprotegida é reconstruída. Nos dias de hoje, essa reparação pode ser feita com muitas diversidades de materiais, são eles: porcelana, amálgama – uma combinação dos metais de prata, esperteza, estanho e cobre –, ouro, resinas compostas (compósito), e, pouco usualmente, o zinco.


Quais são os tipos de obturação possíveis?


No sinal antepositivo, nós vimos que há diversas opções de materiais para encerrar a vão recém-aberta. Não obstante, não é dessa forma que todas elas se adéquam a cada um dos casos. Cada uma delas é mais provável para distintos condições dentais.


É quase claro imaginar que o seu dentista o ajudará a adotar o melhor tipo de técnica para você, seus filhos e toda sua família. Essa decisão é baseada na peso da consumição, em sua localização e, é evidente, no custo-benefício que melhor reparar às suas necessidades.


Dessa forma, é tão fundamental saber que há diversos tipos de obturação. Conheça cada um deles, suas benefícios e desvantagens.


Porcelana


Similarmente tragada de facetas ou incrustações, são feitas em um laboratório de próteses, sob providência. Suas benefícios são: alta durabilidade, resistência a manchas e plástica, já que é possível deixar a porcelana com uma coloração bastante similar ao tensão do dente obturado. As desvantagens são a eventualidade da porcelana ficar áspera e provocar descomposição nos dentes opostos e o alto esforço.


Ouro


Resistentes e não sujeitas a descomposição, elas duram quase 15 anos. Alguns imaginam que este tipo de obturação é mais bonita que as de prata. As desvantagens são o esforço viaduto, similar ao da porcelana; ser cerca de 10 vezes mais cara que a feita em amálgama e, também, ser essencial mais de uma consulta para terminar a restauração.


Amálgama


As obturações de amálgama de prata são aproximadamente tão resistentes e duráveis quanto as de ouro, porém com um esforço bem menor. Além disso, elas evidencia mais momento de mudar por processos de expansão e retração que com outras matérias-primas de obturação, propiciando trincas e rachaduras.


Outra dano é a plástica, várias indivíduos acham que elas ficam feias, por ficarem escuras com o mudar do tempo.


Resinas


Os ingredientes das restaurações a compósito são misturados e por isso colocados na oco do dente, no qual endurecem. As resinas são capazes de ser feitas na coloração do dente, assim como as de porcelana, porém não são tão duradouras quanto as obturações de metal, podendo ser preciso a substituição depois de 5 anos, um tempo bastante limitado. Este material é mais caro que o amálgama, porém mais moda que o ouro e a porcelana.


Ionômeros de vidro


Feitas de uma conciliação de vidro e acrílico, elas duram pouco de cinco anos. Dessa forma, e similarmente visto que são capazes de desenvencilhar fluoreto – componente que auxilia a proteger-se as cáries – elas são boas opções para reincidir os dentes de leite das crianças.


Anestesia


Anestesiar o local da boca a ser combinado é a primeira etapa. Ela alivia ou impossibilita a dor em redor do dente que será obturado. Outra proveito da anestesia é permitir maior segurança e liberdade para o dentista trabalhar, já que não terá de labutar com os famosos “pulinhos e grunhidos” que os pacientes costumam permitir e que são capazes de reverter em feridas pela boca, provocadas pela broca.


Retirada da consumição


Com a auxilia de uma broca, laser ou jato abrasivo, o profissional retira todo o fazenda cariado. A escolha de uma ou outra escolha de utensílio é determinada pelo local buscado e pela área da interferência.


Higienização


Nesse passo, o dentista remove qualquer medula que possa ter ficado na vão do dente recém-tratado. Este processamento prepara o dente para ganhar a obturação, de acordo com a forma de tratamento escolhida.


Aplicação do gel ácido


Antes de adicionar o material da restauração, o profissional bota, no fossa deixado no dente, um ácido em gel, que possui a ofício de ligamento de desempenho, para aumentar a fixação da matéria-prima que será usada.


Posto do material de obturação

Saiba Mais: Como o choque térmico em seus dentes pode causar danos aos seus dentes


É nesse hora que acontece a obturação dental propriamente ventura, com o desempenho da oco com a elemento escolhida. Se a consumição removida era bastante profunda é preciso colocar, antes do primeiro passo, uma mão protetora. Alguns desses materiais são capazes de desenvencilhar flúor, que possui a ofício de ajudar o esmalte dental de futuras cáries.


Limpeza e polimento


Neste hora, o dente recém-tratado será lavado e a seguir polido para garantir uma visual bonita, luzidio e sem porosidades.

FONTE: https://www.r7.com