Quanto tempo se usa aparelho ortodôntico

O propósito final de um tratamento ortodôntico é constantemente oferecer uma ótima requisito ligado e plástica para o paciente. Para atingir isto há diversos caminhos, porém a objetivo essencial de modo algum precisa ser esquecida. Várias vezes, para atingir os resultados esperados, o processamento acaba demorando um pouco mais, o que pode acabar sendo um incômodo. Será que é possível acelerá-lo? Veja o que o ortodontista Sergio Henrique Casarim Fernandes fala sobre o assunto.


TRATAMENTO ORTODÔNTICO: APLICAÇÃO DE VIGOR E MOVIMENTAÇÃO DOS DENTES


Principalmente, o tratamento ortodôntico se constitui como a movimentação dos dentes por meio da aplicação de uma vigor sobre eles. “Estas forças provocam modificações no fibra periodontal causando reabsorção de embaraço de um lado do dente, nas áreas de pressão, e a opinião de embaraço do outro lado, nas áreas de preocupação ”, explica.

Clique Aqui: Quanto tempo se usa aparelho ortodôntico


A forma de adaptar a vigor, não obstante, pode variegar bastante. São capazes de ser usados aparelho fixos tradicionais, alinhadores móveis ortodônticos, ou também a própria vigor da linguarão batendo nos dentes. “ Não importa como, qualquer vigor trabalhando sobre os dentes irá provocar uma movimentação neles”, afirma Sérgio. Os aparelhos ortodônticos, então, são dispositivos mecânicos usados para orientar estar forças a nosso favor, ou seja, deixar os dentes na opinião que desejamos.


A DURAÇÃO DO TRATAMENTO DEPENDE DE VÁRIOS ELEMENTOS


De acordo com o profissional, um tratamento ortodôntico comum dura em média entre 12 e 24 meses. Porém este tempo pode variegar devido a vários elementos. A peso da má oclusão, urgência ou não de extrações, idade do paciente, complicações hormonais, remédios e mecânica usada são alguns dos aspectos que tem influencia nesse caso. “Pode ser mais paulatino em casos mais complexos ou mais acelerado em casos mais simples ”, diz ele.


HÁ FORMAS DE AGILIZAR O PROCESSAMENTO?


Nos dias de hoje, a tecnologia possui produzido grandes avanços para o tratamento ortodôntico. “O tempo que o paciente encontra-se em nosso consultório ao longo uma consulta diminuiu muito ”, comenta. Além disso, vários pesquisas vêm sendo desenvolvidos com o intuito de agilizar o tempo de tratamento. Osteo-micro-perfurações, corticotomias, injeções locais de PRP, aparelhos vibratórios, laser de baixa potência são algumas dessas técnicas.


Além disso, fios ortodônticos de alta tecnologia como os NiTi termoativados e alguns tipo de aparelhos ortodônticos como os chamados autoligados prometem uma redução do tempo de tratamento. “ Porém também não há uma comprovação científica disso”, atento ele. Para agilizar uma movimentação ortodôntica, é necessário agilizar a resposta biológica à vigor aplicada ao dente, o que depende do corpo de cada indivíduo. Então, para coarctar o tempo de um tratamento, o melhor percurso também é um reconhecimento e planejamento bem feitos, com aplicação das mecânicas adequadamente.

FONTE: https://www.r7.com